7 dicas simples para evitar o desemprego

Posts

7 dicas simples para evitar o desemprego

1 de novembro de 2018 - Atualizado em 1 de novembro de 2018 ás 14:31

Atualmente o nosso país enfrenta uma forte onda de desemprego, mas o que    fazer para mudar este cenário? Como a crise econômica e a baixa confiança dos empresários, não se vê o avanço na geração de empregos, embora houve uma leve recuperação no último ano.

Segundo dados do DIEESE(Departamento Sindical de Estatísticas e  Estudos Socioeconômicos) , um grande índice de pessoas desistiram de procurar emprego, hoje o número de desempregados no Brasil ultrapassa o número de 12 milhões e esta alta taxa de desempregados pode ser alinhada a fatores macroeconômicos e microeconômicos

Do ponto de vista macroeconômico podemos  afirmar que o desemprego é resultado de uma política  expansionista que vem sendo feita desde 2.009, expandindo a demanda agregada o que a curto prazo gera um crescimento  do PIB, e consequentemente uma diminuição do emprego.

E o que é esta política expansionista?

Uma política baseada em gastos do governo com alguns programas, dentre eles o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Porém do ponto de vista microeconômico, há além do aumento do desemprego, uma diminuição da renda, por isso nestas eleições estamos lutando por um governo que aumente o número de emprego que caiu bruscamente nos últimos 8 anos .

Neste artigo iremos dar dicas simples do que você pode fazer para evitar o desemprego.

1.  Mantenha o currículo atualizado

É importante manter o currículo sempre atualizado. Um telefone ou mesmo o endereço de e-mail desatualizado podem comprometer, por exemplo, o contato de um recrutador que visualizou e se interessou pelo seu currículo. Então é importante manter os dados atualizados e também construir um conteúdo visual atrativo para o seu CV (Currículo Vitae), pois um documento mal organizado pode passar uma má impressão para o recrutador.

2.  Procure ter um plus na profissão

É necessário que tenha aquele algo a mais para oferecer para uma empresa, principalmente porque o desemprego está afetando o mercado e as vagas existente são muito concorridas. Também tem a situação de muitas vagas de emprego ficarem em aberto por falta de qualificação dos candidatos, portanto não adianta somente ser formado na Universidade.

Se você tem cursos de idiomas no seu CV, viagens de intercâmbio, participação em grandes eventos na sua área de atuação, pode ser que o seu currículo se destaque mais em relação aos outros candidatos, na visão do recrutador.

3.  Use ferramentas de Networking

Construir uma boa networking é fundamental para conseguir um emprego, pois se você é um profissional com inúmeros contatos na sua área de atuação, maiores serão as suas chances de obter sucesso no mercado de trabalho e conseguir uma vaga.

O Linkedin é uma boa ferramenta , trata-se de uma rede social para uso profissional  que possibilita ao usuário ter um boa relação com os seus contatos, veja aqui  neste link https://www.metaconsultoria.com/linkedinedin/ , porque devemos utiliza-lo para construir relações profissionais.

4.  Utilize sites de emprego

Se busca um emprego, utilize alguns sites de emprego que são bons para se conseguir sucesso na carreira profissional, hoje temos a Catho, o Empregos. com, que são bons para aqueles que querem sair das estatísticas do desemprego.

No Estado do Ceará, podemos utilizar 3 sites de recolocação bons para quem quer vencer o desemprego, o Forjobs ,  Manager.com e o Jornal Tribuna do Ceará , que não oferece somente empregos mas também oportunidades para cursos e concursos.

5.  Faça trabalhos Freelancers

Trabalhos Freelancers são sempre bem-vindos, pois além de adquirem expertise, também ajudam financeiramente e faz com que o seu trabalho seja reconhecido. Um dos sites que podemos utilizar para este tipo de trabalho é o Freelancer.com.br, que é um site onde são feitos vários anúncios de jobs, sendo possível entrar em contato direto com o anunciante através do site.

6.  Crie um link de Portfólio

Além do seu CV, é importante que crie um link de Portfólio, pois é através dele que o seu trabalho será reconhecido e consequentemente será contatado para novos trabalhos, que podem ser temporários ou até mesmo fixos.

Algumas plataformas podem ser ótimas para o seu link de portfólio, dentre elas o Wix , o Medium,  o WordPress , já para portfólio em vídeo temos o Vimeo.

7.  Durante as entrevistas

Quando chamado para entrevista, procure manter a calma e responder as perguntas do recrutador com autoridade, pois a entrevista é o momento crucial para a avaliação de qual profissional é mais adequado para ocupar aquele cargo.

Antes de ir para uma entrevista é importante ter ciência do porquê está se  candidatando e avaliar se tens aderência ao perfil da vaga. Pesquisar a cultura da empresa, saber se a missão e valores estão de acordo  com o seu ideal profissional, e ensaiar antes de responder as perguntas do recrutador, pois é importante que você passe confiança para o recrutador.

Se ele perguntar qual o seu maior defeito?

Você pode dar uma resposta sobre qual o principal defeito e o que tem feito para melhorar isso. Não é legal também ficar falando aqueles clichês na entrevistas, dizendo que é uma pessoa organizada, pró-ativa.

Isso 80% dos candidatos falam em uma entrevista, é necessário ser você mesmo e apresentar um diferencial.

É importante ter em mente algumas questões que são fundamentais para conseguir ser aprovado em uma entrevista de emprego, os principais pontos para se sair bem.

Agora que você já conhece 7 passos simples para evitar o desemprego (H3) que tal crescer na carreira optando por conhecer os cursos de graduação oferecidos pela Cisne – Faculdade de QUixadá?

Se você se identificar com um, vem estudar conosco!


Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza a Cisne - Faculdade de Quixadá e Cisne - Faculdade Tecnológica de Quixadá a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.

OK