Logotipo VLibras VLibras 
O conteúdo desse website pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Design de Interiores

Design de Interiores

CURSOS

Design de Interiores

É a arte de planejar e arranjar ambientes de acordo com padrões de estética e funcionalidade. O profissional harmoniza, em determinado espaço, móveis, objetos e acessórios, como cortinas e tapetes, procurando conciliar conforto, praticidade e beleza. Planeja cores, materiais, acabamentos e iluminação, utilizando tudo de acordo com o ambiente e adequando o projeto às necessidades, ao gosto e à disponibilidade financeira do cliente. Administra o projeto de decoração, estabelece cronogramas, fixa prazos, define orçamentos e coordena o trabalho de marceneiros, pintores e eletricistas. Pode projetar salas comerciais, residências ou espaços em locais públicos. Esse profissional costuma trabalhar como autônomo, mas pode atuar também como funcionário de empresas especializadas em decoração e design de interiores ou, ainda, como consultor em lojas de móveis. (Fonte: Guia do Estudante – Abril)

Mercado de trabalho:

O aquecimento do setor da construção civil favorece o mercado para bacharéis e tecnólogos. Além dos escritórios de arquitetura e de design de interiores – tradicionais empregadores -, é boa a procura por parte de clientes residenciais, que precisam de orientação na hora de reformar e decorar a casa – um nicho que cresce muito. Outra forte demanda vem da área corporativa, em que o designer é requisitado para criar o desenho de andares de escritórios e salas de reunião. “O designer de interiores é cada vez mais valorizado, uma vez que as pessoas estão percebendo que o olhar desse profissional faz muita diferença no resultado final dos ambientes”, afirma Ana Maria Kluppel, coordenadora do tecnológico em Design de Interiores da Fatec – PB. As melhores chances de trabalho estão nas capitais do Sudeste e, no Sul, em Curitiba e Porto Alegre. As cidades turísticas do Nordeste também são bons mercados, devido ao grande número de hotéis e resorts. (Fonte: Guia do Estudante – Abril)

Objetivo geral

O Curso superior de Tecnologia em Design de Interiores tem como objetivo formar profissionais habilitados ao desenvolvimento de atividades relacionadas à ambientação de interiores, ao projeto do mobiliário e de equipamentos, à especificação de materiais e revestimentos, ao desenvolvimento de estudos de ocupação para a melhoria das condições laborais, à criação de cenários para eventos, ao desenvolvimento de ambientações em lojas ou outros estabelecimentos comerciais e ao desenvolvimento de produtos junto às indústrias que desenvolvem artigos utilizados para a decoração de interiores.

Objetivos específicos

• Oferecer aos alunos a oportunidade de ampliação, atualização, desenvolvimento e aplicação dos conhecimentos específicos exigidos para sua atuação profissional;

• Desenvolver uma visão generalista, com conhecimentos amplos e abrangentes de todos os segmentos organizacionais;

• Internalizar uma postura de agente catalisador das transformações da época;

• Criar intimidade com as tecnologias aplicadas à atividade profissional;

• Capacitar para a resolução de problemas com criatividade e ética;

• Constituir o perfil profissional considerando suas habilidades e competências por meio da interação e troca de ideias entre toda a comunidade de aprendizagem;

• Possibilitar a melhoria das empresas a partir da leitura e análise de suas injunções técnicas, sociais e tecnológicas;

• Incentivar alternativas que visem o uso de práticas significativas para o setor empresarial em prol do bem-estar social da comunidade;

• Estimular o aluno para atitudes inovadoras mediante o desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e comportamentos adequados ao pleno exercício da sua profissão;

• Despertar o aluno para a importância do conhecimento da legislação e normas específicas que sustentam a área do Design de Interiores;

• Proporcionar a construção de conhecimentos que favoreça a formação de um profissional ético, possuidor de técnicas, visão ampla do seu campo de atuação e capacidade de discernimento para definição de conhecimentos práticos necessários ao contexto no qual se insere;

• Possibilitar ao aluno a construção de uma visão global da realidade e do mercado de trabalho, de modo a desenvolver uma postura empreendedora e crítica.

A sustentação dessa proposta é balizada pelo aprimoramento da qualificação profissional, face às imposições das mudanças processadas pelas tendências políticas, econômicas, sociais e culturais, constantes na sociedade contemporânea. A base da proposta é constituída pelos pressupostos teóricos dos conteúdos curriculares, pelas reflexões éticas desenvolvidas ao longo do Curso e pelas diferentes e diversificadas atividades acadêmicas vivenciadas pelos discentes.

Salário médio do profissional da área:

Fonte: trabalhabrasil.com.br | Atualizado em: 12/2018

Trainee Júnior Pleno Sênior Master
Pequena

R$ 1288.22

R$ 1610.28

R$ 2012.85

R$ 2516.06

R$ 3145.08

Média

R$ 1674.70

R$ 2093.37

R$ 2616.71

R$ 3270.89

R$ 4088.61

Grande

R$ 2177.10

R$ 2721.38

R$ 3401.72

R$ 4252.15

R$ 5315.19

Trainee Júnior Pleno Sênior Master
Pequena

R$ 1595.58

R$ 1994.47

R$ 2493.09

R$ 3116.36

R$ 3895.45

Média

R$ 2074.26

R$ 2592.82

R$ 3241.02

R$ 4051.28

R$ 5064.10

Grande

R$ 2696.53

R$ 3370.66

R$ 4213.33

R$ 5266.66

R$ 6583.33

Trainee Júnior Pleno Sênior Master
Pequena

R$ 1103.90

R$ 1379.88

R$ 1724.85

R$ 2156.06

R$ 2695.08

Média

R$ 1435.08

R$ 1793.85

R$ 2242.31

R$ 2802.89

R$ 3503.61

Grande

R$ 1865.60

R$ 2332.00

R$ 2915.00

R$ 3643.75

R$ 4554.69

Trainee Júnior Pleno Sênior Master
Pequena

R$ 1109.61

R$ 1387.01

R$ 1733.76

R$ 2167.2

R$ 2709

Média

R$ 1442.49

R$ 1803.11

R$ 2253.89

R$ 2817.36

R$ 3521.7

Grande

R$ 1875.24

R$ 2344.05

R$ 2930.06

R$ 3662.58

R$ 4578.23

Trainee Júnior Pleno Sênior Master
Pequena

R$ 1089.99

R$ 1362.49

R$ 1703.11

R$ 2128.89

R$ 2661.11

Média

R$ 1416.98

R$ 1771.23

R$ 2214.04

R$ 2767.55

R$ 3459.44

Grande

R$ 1842.08

R$ 2302.60

R$ 2878.25

R$ 3597.81

R$ 4497.26

Trainee Júnior Pleno Sênior Master
Pequena

R$ 1682.18

R$ 2102.73

R$ 2628.41

R$ 3285.51

R$ 4106.89

Média

R$ 2186.83

R$ 2733.54

R$ 3416.93

R$ 4271.16

R$ 5338.95

Grande

R$ 2842.89

R$ 3553.61

R$ 4442.01

R$ 5552.51

R$ 6940.64

Trainee Júnior Pleno Sênior Master
Pequena

R$ 1497.28

R$ 1871.60

R$ 2339.50

R$ 2924.38

R$ 3655.48

Média

R$ 1946.46

R$ 2433.08

R$ 3041.35

R$ 3801.69

R$ 4752.11

Grande

R$ 2530.41

R$ 3163.01

R$ 3953.76

R$ 4942.20

R$ 6177.75

Trainee Júnior Pleno Sênior Master
Pequena

R$ 1807.42

R$ 2259.28

R$ 2824.10

R$ 3530.13

R$ 4412.66

Média

R$ 2349.65

R$ 2937.06

R$ 3671.33

R$ 4589.16

R$ 5736.45

Grande

R$ 3054.54

R$ 3818.18

R$ 4772.73

R$ 5965.91

R$ 7457.39

Trainee Júnior Pleno Sênior Master
Pequena

R$ 3806.19

R$ 4757.74

R$ 5947.18

R$ 7433.98

R$ 9292.48

Média

R$ 4948.05

R$ 6185.06

R$ 7731.33

R$ 9664.16

R$ 12080.20

Grande

R$ 6432.46

R$ 8040.58

R$ 10050.73

R$ 12563.41

R$ 15704.26

Trainee Júnior Pleno Sênior Master
Pequena

R$ 4267.60

R$ 5334.50

R$ 6668.12

R$ 8335.15

R$ 10418.94

Média

R$ 5547.88

R$ 6934.85

R$ 8668.56

R$ 10835.70

R$ 13544.63

Grande

R$ 7212.24

R$ 9015.30

R$ 11269.13

R$ 14086.41

R$ 17608.01

Requisitos Trainee Júnior Pleno Sênior Master
Experiência (em anos)

Até 2

2 a 4

4 a 6

6 a 8

+ de 8

Critérios Pequeno Média Grande
Receita Bruta Anual (R$)

Até 10,5 mil

10,5 - 300 mil

+ 300 mil

Número de Funcionários

Até 99

100 - 499

+ de 499

Coordenador(a)


Antônio Evangelista Bonfim Júnior
  • Especialista

Corpo Docente


Antônio Evangelista Bonfim Júnior
  • Especialista

Francisca Fatima Pinheiro Nobre
  • Especialista

João Paulo Gondim da Silva
  • Especialista

Kleber Dantas Girão
  • Mestre

Lílian Vieira Rodrigues de Carvalho
  • Mestre

Rafael Alves de Oliveira
  • Mestre

Rainier Magalhães Ehbrecht
  • Especialista

Simone Maria Silva Dantas
  • Doutora

Denominação do Curso Curso Superior de Tecnologia em Design de Interiores
Nível Graduação Tecnológica
Modalidade Tecnológico
Titulação conferida Tecnólogo em Design de Interiores
Tempo de integralização Mínimo de 02 anos – Máximo de 4 anos
Carga horária 1.700 horas
Regime escolar Sistema de Créditos
Forma de ingresso Vestibular, ENEM, transferência, reabertura de matrícula, mudança de Curso e Graduados.
Turnos de funcionamento Noturno
Período Disciplina CH. Tot Tipo
1 LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL 60,00  Obrigatória
1 TEORIA E PRÁTICA DA COR 60,00  Obrigatória
1 DESENHO TÉCNICO 60,00  Obrigatória
1 HISTÓRIA DA ARTE 60,00  Obrigatória
1 DESENHO À MÃO LIVRE 60,00  Obrigatória
1 PROJETO INTEGRADOR I 100,00  Obrigatória
2 METODOLOGIA CIENTÍFICA 60,00  Obrigatória
2 TEORIA DO DESIGN 60,00  Obrigatória
2 PROJETO DE INTERIOR RESIDENCIAL 60,00  Obrigatória
2 MATERIAIS E REVESTIMENTOS 60,00  Obrigatória
2 PERSPECTIVAS 60,00  Obrigatória
2 PROJETO INTEGRADOR II 100,00  Obrigatória
3 TÓPICOS TEOLÓGICOS 60,00  Obrigatória
3 SISTEMAS PREDIAIS 60,00  Obrigatória
3 CONFORTO AMBIENTAL I 60,00  Obrigatória
3 ERGONOMIA 60,00  Obrigatória
3 PROJETO INTEGRADOR III 100,00  Obrigatória
3 DESENHO AUXILIADO POR COMPUTADOR – CAD 60,00  Obrigatória
4 GESTÃO E EMPREENDEDORISMO 60,00  Obrigatória
4 PROJETO DE INTERIOR COMERCIAL 60,00  Obrigatória
4 PAISAGISMO 60,00  Obrigatória
4 LUMINOTÉCNICA 60,00  Obrigatória
4 PROJETO INTEGRADOR IV 100,00  Obrigatória
HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA E INDÍGENA 60,00  Optativa

O profissional Tecnólogo em Design de Interiores apresentará as seguintes competências:

• interpretar, conceituar e desenvolver propostas de intervenção para as diversas necessidades funcionais e estéticas do homem relacionadas aos interiores de edificações, de forma interdisciplinar com os demais profissionais que se façam necessários;

• fomentar pesquisas e propostas que envolvam a solução de problemas relacionados à complexidade das atividades do ser humano considerando os aspectos: ergonômicos, tecnológicos e sociais;

• compreender as temáticas do conforto térmico, luminotécnico e acústico, relacionadas aos interiores de edificações;

• desenvolver as bases ergonômicas que devem guiar o desenvolvimento de projetos;

• refletir sobre os fluxos funcionais no interior dos compartimentos, com o objetivo de desenvolver adequadas propostas de layout;

• compreender e utilizar os parâmetros da acessibilidade universal;

• gerenciar e executar projetos de interiores, elaborando planejamentos, organogramas, memoriais descritivos e cronogramas;

• desenvolver atividades de pesquisa, visando o permanente aprimoramento da qualidade de espaços e produtos.

Competências e habilidades

Conforme as Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos Tecnológicos, Parecer CNE/CES 436/2001 no Artigo 7º, a competência profissional corresponde à capacidade pessoal de mobilizar, articular e colocar em ação conhecimentos, habilidades, atitudes e valores necessários para o desempenho eficaz de atividades requeridas pela natureza do trabalho e pelo desenvolvimento tecnológico descritos nos seguintes níveis:

Nível de conhecimento e compreensão

O egresso deverá ser capaz de demonstrar conhecimento e compreensão sobre:

• As principais Teorias que norteiam o pensamento relativo à área do Design de Interiores com uma perspectiva analítica, crítica e sistematizada;

• As tecnologias aplicadas ao Design de Interiores;

• A resolução de problemas com criatividade e ética;

• Comportamento Empresarial e o desenvolvimento das empresas;

• Informações básicas sobre a arte e as técnicas aplicadas ao Design de Interiores;

• A ética nas relações profissionais;

• Os conceitos básicos de sistemas de informação.

Nível de habilidade

O egresso deverá ser capaz de:

• Identificar as necessidades dos clientes, pessoas ou empresas;

• Elaborar projetos e interpretar relatórios pertinentes;

• Traçar estratégias alinhadas com a missão e objetivos do projeto a que se dedica;

• Auxiliar no diagnóstico do projeto escopo de seu trabalho ou da sua equipe, propor melhorias minimizando o impacto ambiental;

• Traçar estratégias para gestão dos projetos de sua responsabilidade;

• Produzir textos claros, coerentes e adequados ao leitor, privilegiando a língua padrão;

• Redigir comunicações empresariais e oficiais, com segurança;

• Desenvolver o raciocínio lógico, a habilidade de cálculo e a capacidade de abstração.

Nível de atitude

O egresso será estimulado para:

• Desenvolver senso crítico diante dos estudos realizados na área profissional;

• Desenvolver uma postura reflexiva e crítica de seu papel nas empresas ou escritórios onde trabalha;

• Ser empreendedor;

• Ser ético nas relações e na atuação profissional.

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza a Cisne - Faculdade de Quixadá e Cisne - Faculdade Tecnológica de Quixadá a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.

OK