ENGENHEIROS TÊM ALTA EMPREGABILIDADE » Faculdade Cisne de Quixadá
Logotipo VLibras VLibras 
O conteúdo desse website pode ser acessível em Libras usando o VLibras

ENGENHEIROS TÊM ALTA EMPREGABILIDADE

Notícias

ENGENHEIROS TÊM ALTA EMPREGABILIDADE

25 de abril de 2017 - Atualizado em 28 de abril de 2017 ás 18:05

A profissão de engenheiro é altamente cortejada, com elevada empregabilidade. Dados estatísticos de 2011 apontam uma necessidade de 60 a 80 mil novos engenheiros por ano, porém, diplomam-se apenas 42,8 mil. Apenas 6% dos universitários brasileiros são concluintes de uma das engenharias, enquanto nos países asiáticos e na maioria dos países desenvolvidos esse índice varia de 15 a 35%.

Um estudo do IPEA revela que a contratação de engenheiros até 2020 apresentará uma taxa de crescimento de 10,5%. Muito superior será a necessidade para a extração e refino de petróleo e gás (28%). Hoje, o Brasil dispõe de 937 mil engenheiros, porém, apenas 300 mil atuam na área. É pouco, muito pouco, sendo verdade que 70% do PIB de uma nação depende das engenharias.

Venha ser Engenheiro Civil ou Engenheiro Elétrico na CISNE.

Saiba mais sobre estas graduações nos links a seguir:

Engenheira Civil:

https://faculdadecisne.edu.br/faculdade-de-quixada/cursos/engenharia-civil/

Engenharia Elétrica:

https://faculdadecisne.edu.br/faculdade-de-quixada/cursos/engenharia-eletrica/

Matéria compilada a partir do artigo de Jacir J. Venturi, publicado em: http://www.sinepe-ce.org.br/p.php?p=artigo&id=139 – Data da pesquisa: 20/04/2017.


Esse site usa cookies. Ao continuar a navegação, você concorda com a nossa política de privacidade. Saiba mais aqui.