PRESIDENTE MICHEL TEMER SANCIONA LEI QUE LEGALIZA A PROFISSÃO DE DESIGN DE INTERIORES » Faculdade Cisne de Quixadá
Logotipo VLibras VLibras 
O conteúdo desse website pode ser acessível em Libras usando o VLibras

PRESIDENTE MICHEL TEMER SANCIONA LEI QUE LEGALIZA A PROFISSÃO DE DESIGN DE INTERIORES

Notícias

PRESIDENTE MICHEL TEMER SANCIONA LEI QUE LEGALIZA A PROFISSÃO DE DESIGN DE INTERIORES

14 de dezembro de 2016 - Atualizado em 15 de maio de 2017 ás 19:20

No último dia 12 de dezembro de 2016 o Presidente da República, Michel Temer, sancionou a Lei nº 13.369, que reconhece a profissão de Design de Interiores e ambientes em todo o território nacional.

 

A regulamentação vem depois de quase meio século de existência da profissão que agora se consolida no mercado de trabalho. A Lei traz em seu Art. 2º: Designer de interiores e ambientes é o profissional que planeja e projeta espaços internos, visando ao conforto, à estética, à saúde e à segurança dos usuários…” Com a regulamentação da profissão, os egressos dos cursos de Design de Interiores terão mais autonomia e propriedade para atuarem no mercado de trabalho. “Como todas as profissões, o Design de Interiores sempre dividiu um mercado muito específico com profissionais de outras áreas que possuíam regulamentação profissional… Muitas vezes o designer de interiores sofria com perseguições durante o exercício da profissão e até mesmo impedimentos de participar de eventos de suma importância. Com a promulgação da Lei surgirão novas oportunidades e o fortalecimento da categoria”, ressalta Robson Silva, professor especialista e coordenador do Curso de Design de Interiores da Faculdade CISNE.

 

A CISNE está formando neste ano sua primeira turma de Designers, com curso reconhecido pelo MEC como um dos melhores do Brasil, com conceito de excelência, tendo obtido nota 4 (a máxima é 5) em sua avaliação. A formação em nível superior é um diferencial no mercado de trabalho, especialmente quando esta formação se dá em instituições sérias e comprometidas com a qualidade do ensino, como é o caso da Faculdade CISNE.

Clique aqui para ler a Lei na íntegra


Esse site usa cookies. Ao continuar a navegação, você concorda com a nossa política de privacidade. Saiba mais aqui.